2.6.17

Cavs x Warriors - Jogo 1, onde muito do esperado aconteceu


A defesa dos Cavs foi má? Sim. Cederam pontos fáceis em transição? É verdade. Foram batidos muitas vezes no perímetro? É um facto. Foram lentos em algumas rotações? Certo. Falharam várias vezes na defesa aos jogadores sem bola e nos bloqueios indirectos? Exacto. Mas não foi por isso que perderam.

Os Warriors exploraram os pontos fracos da defesa dos Cavs e a defesa destes foi exposta como ainda não tinha acontecido nestes playoffs, mas isso é exactamente o que se esperava. 

Aquilo que não se esperava era que o ataque da equipa de Cleveland fosse tão pior do que tem sido até aqui. Ok, já sabíamos que ia enfrentar uma defesa melhor do que nas rondas anteriores e que lhes ia colocar mais problemas do que qualquer uma das que enfrentaram até aqui. Mas tínhamos a esperança de que não regredisse tanto.


Ontem, os jogadores-dos-Cavaliers-não-chamados-LeBron-ou-Kyrie marcaram apenas 11 em 44 lançamentos de campo (6 em 21 de 3pts). A movimentação de bola não foi boa, mas mesmo nas poucas ocasiões em que foi boa, desperdiçaram lançamentos com espaço (Korver foi um dos exemplos disso, com 0-3 de 3pts, todos eles lançamentos com espaço decente). E LeBron e Irving precisam que os atiradores dos Cavs acertem os lançamentos para abrir espaço para as suas penetrações. Os Cavs têm aberto caminho por estes playoffs à bomba, mas ontem acertaram apenas 11 triplos. Na segunda parte marcaram apenas 39 pontos. E isso não chega, nem de perto nem de longe, para ganhar a estes Warriors.

Para o bem dos Cavs e de todos os fãs que esperam uma série final competitiva, esperemos que isso mude nos próximos jogos. Porque essa é a melhor (única?) hipótese de termos umas Finais equilibradas. A esperança dos Cavs para terem hipóteses de vencer esta série não está na defesa. Sim, na defesa podem, e devem, ser melhores. Mas a margem que têm para melhorar desse lado do campo (devido aos jogadores que têm e aos matchups que enfrentam) não é grande. 


A sua esperança para discutir a série está no ataque. Porque se atacarem o seu normal (115 pts/jogo), são capazes de ganhar jogos a sofrer 113 pontos. Mas se defenderem o seu normal (104 pts/jogo), não vão ganhar nenhum jogo a marcar 91. É aí que têm de ser melhores do que foram neste jogo 1. Porque é aí que podem ser muito melhores do que foram.

Sem comentários:

Enviar um comentário